LENTES DE CONTATO x DESGASTE 

PRECISO MESMO DESGASTAR MEUS DENTES?

As lentes de contato dentais estão cada vez mais alta hoje em dia (Lentes de Contato x Desgaste). A grande maioria dos artistas, de todas as idades, já fazem o uso desses fragmentos mágicos de cerâmica. Porém, muitos pacientes perguntam se é necessário desgastar os dentes para fazer a colocação delas.

A resposta é: depende.

exemplo de preparo para lentes de contato dentais

 

DO QUE DEPENDE A QUANTIDADE DE DESGASTE PARA LENTES DE CONTATO?

Muitos fatores vão influenciar na quantidade de desgaste, são eles:

* Grau de projeção dos dentes: Como a cerâmica é colada (adicionada) à superfície dentária, sempre há um aumento de volume. Se os dentes do paciente já são para a frente, volumosos, a simples colocação das lentes deixaria um aspecto muito artificial. Aquela sensação de que os dentes querem sair pra fora da boca. Ou seja, nesses casos necessita de um desgaste (preparo dos dentes) maior, para que o dente não fique mais volumoso e artificial.

* Grau de apinhamento: Quando mais tortos os dentes forem, mais desgaste necessitará. Quando fazemos as lentes de contato, corrigimos as imperfeições de falta de espaço. As lentes acabam fazendo o “alinhamento” dos dentes. Obviamente para isso acontecer, devemos desgastar algumas regiões e compensar acrescentando mais cerâmica em outras.

lente de contato

apinhamento severo = maior desgaste dentário

apinhamento leve = menor desgaste

 

* Cor do substrato dental: Alguns dentes com tratamento de canal ficam mais escurecidos. Como as lentes de contato são estruturas muito finas, acabam sendo muito translúcidas. Então quanto mais eu quero “esconder” a cor do fundo, mais dente eu preciso desgastar, para compensar engrossando um pouco a lente.

SUBTRATO DAS LENTES DE CONTATO

dentes escurecidos

* Restaurações antigas escurecidas e/ou mal adaptadas: Quando os dentes já possuem restaurações antigas, muitas vezes é necessária a remoção completa dessas restaurações.

* Correção de linha média: Esse caso já é um pouco mais raro. Acontece quando queremos corrigir a linha média dentária com as lentes de contato. Então precisamos de um desaste maior, principalmente da lateral do dente para conseguir tal correção.

 

QUANDO EXISTE DESGASTE MÍNIMO OU AUSÊNCIA DE DESGASTE?

Quando os dentes já tem uma harmonia de cor e não estão muito tortos, muitas vezes os desgastes são mínimos e imperceptíveis. São apenas para facilitar a inserção da lente de contato e tirar eventuais ângulos vivos.

As vezes os dentes têm uma inclinação para dentro da boca, isso também facilita, pois ele pode ganhar um pouco mais de volume, fazendo com que se reduza a quantidade de desgaste necessária.

Então tudo depende de como os dentes do paciente estão. Se estão com alterações de cor muito grande, se estão muito tortos, com restaurações antigas, dentre outros. Cada ponto desse vai influenciar diretamente na quantidade de desgastar necessário.

 

MAS JÁ VI DENTISTAS VENDEREM LENTES SEM PREPARO! COMO É POSSÍVEL?

Muitos dentistas vendem a ideia de: “Lentes de contato sem desgaste dentário”. Isso não existe. A não ser que você aceite que seu sorriso fique com aspecto artificial e mal adaptado. Existem casos em que o único modo de fazer um trabalho bem feito é sim desgastando. Então não há de maneira nenhuma como prometer não desgastar os dentes.

Todos casos têm de ser avaliados individualmente. Uma conversa franca com o paciente é a melhor solução.

Existem dentes que já estão tão “baleados” que a lente de contato irá até proteger e reforçar a estrutura dental. Então muitas vezes não devemos “ter pena” em desgastar.

Marque uma consulta com nossos especialistas para tirar suas dúvidas e conversar a respeito das lentes de contato dentais.