Tratamento de canal em sessão única ou múltipla?

 

O verdadeiro objetivo do tratamento de canal é a realização do preparo dos canais visando a limpeza completa e modelagem, estabelecendo um controle da infecção para que posteriormente se realize uma eficiente obturação.

 

A verdadeira causa da endodontia em sessão única é o fato de conseguir se obter um controle da infecção através da modelagem e preparo dos canais sem o risco de contaminação entre sessões.

 

Portanto, obturar o canal na mesma sessão não é um objetivo, mas sim uma conseqüência.

tratamento de canal

Rx mostrando dentes com canais obturados

 

Se houve tempo e condições de realizar o correto preparo dos canais, deve-se obturar na mesma sessão. Ou seja, quando se tem o total controle da infecção. O uso da medicação intracanal vai apenas manter o meio descontaminado que foi obtido pela limpeza e desinfecção.

O controle da infecção é atingido durante o preparo dos canais radiculares. Ele se dá com ação conjunta de instrumentos e substâncias químicas auxiliares de alto poder bactericida. Uma eficiente e constante irrigação com solução fisiológica, com ação na remoção dos debris promovidos durante o tratamento de canal.

 

tratamento de canal

ilustração do preparo dos canais

 

Pode-se observar que algumas vezes o profissional prepara parcialmente o canal, coloca a medicação e sela com  cimento provisório. Fazendo isso ele acha que a medicação irá resolver o problema da infecção!

 

Porém, temos observado constantemente que existe contaminação entre sessões. Isso por causa da infiltração ocorrida através dos cimentos provisórios.

polpa dental

canais radiculares e polpa dentária

 

Dessa forma, vem sendo questionado se a medicação intracanal realmente faz diferença. Fica a dúvida se a regressão dos sinais e sintomas foi devido à medicação ou ao eficiente preparo dos canais. Outra questão é: na sessão seguinte se conseguirá remover completamente a medicação? Pois sabe-se que a presença de hidróxido de cálcio no interior dos canais interfere no tratamento de canal.

 

Devido a isso concluímos que a medicação intracanal é uma boa opção caso não se tenha tempo suficiente de concluir em uma sessão. Caso tenha-se conseguido atingir a completa modelagem e preparo dos canais na primeira consulta, obtendo-se o controle da infecção. Esse sim é o momento ideal da obturação.